O dilema entre ser o que você quer e ser o que você é

Aceitar o que somos — e como somos — é sempre muito difícil. Pois nunca estamos completamente satisfeitos e sempre conseguimos encontrar algo do que nos queixar.

Ou você está gorda demais, ou o seu cabelo está horroroso, ou você decidiu que a sua bunda é do tamanho da África do Sul e etc. Sempre existe uma lista de defeitos que colocamos em nós mesmo. E ai? O que fazer? Devo cortar os pulsos e torcer para nascer perfeita na próxima encarnação?

As pessoas possuem um apego desnecessário pelo termo perfeição. Se o seu nariz é maior que o da maioria, você já se acha a pessoa mais nariguda da face da Terra e: “Ohmeudeus, vou sair por ai cutucando as pessoas sem querer com o meu nariz enorme”. Por favor, sem tanto drama.

Sei que muitas pessoas já foram alvo de bullying por conta do seu nariz, da sua orelha ou da sua testa grande. Cresci com um certo complexo por conta das brincadeiras maldosas dos coleguinhas idiotas e achadores da razão da escola. Mas, com os anos, eu vim trabalhando — e ainda trabalho — para me aceitar com os meus defeitos.

Aquele cara lindo-de-morrer que ofuscou a sua visão com tanta beleza? Ele tem algo torto. Ou uma verruga. Sabe por que? Porque ninguém é perfeito. Repita comigo: Ninguém. É. Perfeito.

Tem dias em que eu me olho no espelho e penso: “Jeez, como estou gorda. Como estou feia. Como estou horrorosa!”. Baixa auto estima? Não. Não sei. Mas sei que existem momentos em que você simplesmente não está legal com o conjunto que é. E isso basta para fazer seu dia menos feliz.

Ai você me pergunta: “Se você se acha gorda, por que não entra numa dieta? Por que não faz academia?”. Eu poderia explicar cada ponto desse. Contudo, você deverá se sentir satisfeito apenas em saber que: é complicado. Entretanto, é possível fazer algo a respeito.

Quando você não se sentir bem consigo: Faça. Algo. A. Respeito. Se lamentar fosse fonte de soluções instantâneas, viveríamos para reclamar e aguardar a resolução. Então, pare de se lastimar e de bancar a vítima e faça algo por você. Acredito que um dos piores defeitos do ser humano é sempre querer ser a vítima. E nós nos fazemos de vítima sempre que temos oportunidade.

Ao invés de curtir a sua infelicidade e insatisfação com você mesma, levante a cabeça e pense: “o que eu posso fazer?”. Sempre há uma solução. Sempre. Se você não tiver nenhuma ideia de por onde começar, vá ao Google. É sério. Internet hoje em dia é vi-da. E você pode pegar dicas de como arrumar o seu cabelo, como usar roupas que não marquem suas gordurinhas e etc.

Não vou mentir e dizer que é uma tarefa fácil se aceitar. É difícil e exige uma força de vontade e positividade tremenda. Além de tudo, vivemos em uma sociedade em que o parâmetro de beleza vive estampado em capas de revistas e propagandas que exibem o mínimo de roupa possível. Esfregando na sua cara que aquilo sim, é bonito.

Mas, a filosofia aqui é: Pare de se botar para baixo. Pare de se auto-depreciar. Pare de se comparar com fulana. Seja apenas você. Ser autêntica nessa vida é elementar. Você pode ser bonita sim. Porém, isso vai depender apenas de você, não do olhar dos outros.

Estamos sempre muito preocupados com o que os outros pensam a nosso respeito e esquecemos de simplesmente fazer algo que deixe a nós mesmos satisfeitos. Pense nisso.

Anúncios

Um comentário sobre “O dilema entre ser o que você quer e ser o que você é

  1. Bacana, realmente autoestima é algo complicado no dia a dia. É difícil manter com tantas dificuldades e com um padrão cada dia maior e mais difícil de alcançar. Mas ficou meio confuso no final, você acha que as pessoas não são perfeitas, mas algumas vezes não dá para mudar o que somos, e aí temos que aceitar, não como vítimas mas tentando enxergar no que se é bom ou bonito, se conseguir..claro…kkkkk.. ótimo texto, parabéns

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s