Inseguras e tímidas de plantão

Você está num determinado lugar e ai, vê aquele cara. Acha ele bonito e tal. E ai?

E ai que você fica pensando que pelo menos dessa vez você pode ser uma garota de atitude e ir lá puxar papo com ele. E então, pensa em dez milhões de desculpas para falar com o cara e acha todas — todas — ridículas.

Abordar um cara bonito é a tarefa mais excruciante para aquelas que são tímidas. Seus batimentos cardíacos aumentam em 21245245244547 por segundo, suas mãos suam e você sente um pânico cada vez maior crescer dentro do peito e a sua primeira reação a tudo isso é: sair correndo para as colinas.

E existem também, aquelas que ficam extremamente nervosas perto de caras bonitos. Mas não é um nervoso “natural”, é o tipo de nervoso que te deixa apavorada. De modo que você não sabe o que falar, como agir e esquece de como demonstrar que é um ser humano normal. No final das contas você acaba fazendo algo estúpido e volta pra casa se achando a pessoa mais retardada do planeta terra.

Por favor, quem em consciência foge de um cara bonito? Você poderia muito bem estar lá, jogando o seu charme, mostrando o quanto é legal, interessante e disponível. Mas não. Você está se escondendo porque tem dificuldades mentais em manter uma pose natural na presença de um cara bonito. Quão deprimente isso pode ser? Sério?

Não conheço nenhum tipo de tratamento para curar essa mistura de insegurança+timidez. Só sei dizer que quem é vítima dessa combinação, sofre. Além disso você é rotulada de: mole. Afinal, você provavelmente já escutou a frase: “Deixa de ser mole, mulher!”

Mas lembre-se: você deve fazer somente aquilo que se sente a vontade. Não adianta querer se submeter a uma situação que te deixa em estado de pânico. O que se pode fazer, é ir com calma. Respire longamente, conte até 1000 se for necessário e tente — tente de verdade — relaxar. Afinal, você não vai perder a sua dignidade se levar um fora do cara. Logicamente que não vai ser a melhor coisa do universo, mas… todos que um dia conseguiram algo, foi porque tentaram, right? Então, tente.

Tente mesmo sabendo que fugir é mais fácil. Porque é exatamente isso que você vai querer fazer. Fu-gir. Mas não podemos simplesmente passar a vida inteira fugindo dos nossos problemas (e nem deixando para “amanhã”). Principalmente se eles tiverem solução, que no seu caso, é um pouco mais de coragem. Se for realmente necessário, tome uma dose de tequila para relaxar e go ahead!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s